Portal das Receitas Portal das Receitas Usuários on line
2

+Acessadas Categoria

gif
Envie a um(a) amigo(a)

receitas de doces

receita de doce do príncipe

gif

Ingredientes

2 xícaras (chá) de açúcar
1 copo (tipo americano) de água
1 colher (sopa) de manteiga sem sal
10 gotas de baunilha
4 ovos inteiros batidos
1 xícara (chá) de leite
1 lata de leite condensado
Canela em pó para polvilhar


Modo de preparo

Numa panela em fogo médio, coloque 2 xícaras (chá) de açúcar até formar uma calda (tipo caramelo, de 12 a 15 min). Tome cuidado para não queimar para não amargar. Acrescente 1 copo (tipo americano) de água e deixe dissolver o açúcar.

Junte 1 colher (sopa) de manteiga sem sal, 10 gotas de baunilha, 4 ovos inteiros batidos, mexa bem e deixeos cozinhar nesta calda por cerca de 3 min.

Acrescente 1 xícara (chá) de leite e 1 lata de leite condensado. Deixe apurar até ficar em ponto de colher (mais ou menos 25 min).

Despeje numa taça e polvilhe canela em pó ou sirva com queijo branco.

Rendimento: 5 pessoas

História do doce:

Dom Pedro I tinha uma amante em Santos (litoral de SP), a Marquesa de Santos. Todas as tardes, ele ia namorar e as mucamas faziam esse doce para ele naquela cidade. Ele adorava, mas como é um doce forte, feito a base de ovos e leite, não pode ser comido quente. No dia 7 de setembro de 1822, ele estava no castelo da Marquesa de Santos e comeu o doce quente, pois precisava retornar rápido para SP. Nas margens do rio Ipiranga, ele precisou parar por causa de uma dor de barriga (por ter comido o doce quente). Nesse momento, chegou às suas mãos a carta de Dom João VI e ele teve que proclamar a independência do Brasil. Ah, essa história é verídica!

Se a fonte da receita abaixo informada estiver com o nome errado, favor enviar email para: Contato do Portal das receitas

A equipe do Portal das receitas agradece e atualizará para seu devido crédito.

Fonte: Ana Maria Braga


Quando Deus fecha uma porta, ele pode estar abrindo uma janela.
  Autor: Desconhecido
Copyright © 2004-2017 - Portal das receitas - Todos os direitos reservados.