Portal das Receitas Portal das Receitas Usuários on line
2

+Acessadas Categoria

gif
Envie a um(a) amigo(a)

receitas de carnes

receita de buchada de bode a moda africana

gif

Ingredientes

01 buchada completa com sangue de bode, pesando em média 5
kilos;
03 cebolas grandes;
03 dentes de alho;
04 tomates grandes;
02 pimentões verdes e grandes;
01 molho médio de coentro folhosos e bem perfumados de
preferência colhidos no ato do preparo ( mais ou menos 20
ramos);
01 colher de chá de cuminho;
01 pitada de pimenta do reino (agosto);
01 colher de sopa de coloral (urucum);
Vinagre tipo branco a gosto;
1/2 copo de óleo de milho;
Suco de 01 limão;
500 gramas de jerimum (abóbora) descascado e sem sementes;
250 gramas de repolho verde;
02 cenouras grandes descascadas;
02 batas inglesas grandes descascadas;
01 chuchu grande descascado;
Folhas de couve brancas - opcional;
02 colheres de estrato de tomate;
Linha de grossa para costurar;
Agulha não fina para costurar a buchada;
01 Caldeirão ou taxo de alumínio para cozinhar a buchada;

01 panela grande para refogar o picadinho:

01 faca afiada;
01 tábua de cortar carnes;
02 pás de madeira grande
01 concha de alumínio;
Sal a gosto
03 pacotes de sazon;
01molho de cebolinho
água
01 kilo de farinha de mandioca QUEBRADINHA, ou seja, fina
com caroços iguais um pouco mais grossa que açúcar comum
tipo cristal.
01 panela de alumínio para fazer o pirão


Modo de preparo

De inicio lavar as víceras do bode: abrir o coração e lavar

internamente nos átrios e ventrículos, fígado, pulmões, gorduras,

garganta pés, tripas, sangue e a cabeça. 02 retirar os olhos da

cabeça, retirar o maxilar inferior e a língua, abrir bem a fossa

nasal para retirar restos de alimentos que possam está contidos

no véu palatino do bode; 04 raspar com a faca a língua para

retirar toda a pele que possa está agarrada ainda à língua. 05

limpar as patas (mocotó) e enrolar as tripas nos dedos do bode

prendendo-as bem para não se soltar, isto nas 04 patas de modo a

deixar-las com todas as tripas (estomago) amarradas bem. 06 as

partes pequenas que não dá para amarrá-las deixar-las soltas.

Limpar o bucho do bode, principalmente o sete folhas (estomago

com sulcos).
07 picar minusculamente o fígado, as corduras que vierem,

coração, pulmões, língua e pâncreas e uma parte do sangue. Isto

em pequenos cubinhos. 08 a outra parte do sangue espremer nas

mãos a fim de torná-los como uma massa ou uma farinha. obs.: o

sangue deve está se esfarelando para tal procedimento, e deve-se

retirar a água que está acumulada espremendo fora e o farelo

colocar dentro da vasilha. 09 picar em cubos metade do tomate,

pimentão, cebola e do coentro, cebolinho, metade do tempero,

coloral, sal a gosto, vinagre a gosto, o suco de um limão, metade

do alho, da pimenta do reino, todo o óleo e o estrato de tomate,

01 pacote de sazon. Colocar no fogo e refolgar até as verduras

ficarem derretidas não acrescentar água. 10 pegar o bucho maior e

encher com o refogado (picadinho parecido com sarapatel), e após

colocá-los todo costurar bem amarrando sempre de cinco em cinco

pontos. Se sobrar picados adicionar nos restantes de estômagos

pequenos que vem; Colocar dentro do caldeirão ou tacho de

alumínio e acrescentar, os restantes do tempero, cumimho, alho,

cebola, tomate, coentro, pimentão, vinagre a gosto, 02 sazon,

pimenta do reino a gosto e coloral. E deixar em descanso por 10

horas no dia seguinte ou depois às 10 horas de curtição colocar

água e levar ao fogo por 1:30 minutos colocar o repolho, jerimum,

cenoura, chuchu, bata inglesa se preferir o couve por mais 30

minutos até ficar parecendo (xambariu) cosido. Após o cozimento

de 2 a 2:30 minutos retirar as verduras, patas com tripas, a

buchada a cabeça e colocá-las em uma travessa. Obs. uma travessa

só para a buchada e outra para as pastas e tripas e uma terceira

só para a verdura como abóbora chuchu etc. O caldo que deverá ter

em média 3 a 4 litros no final do cozimento; Colocar o caldo, ou

seja, cosido em uma terceira panela e adicionar farinha de

mandioca e mexendo para não emboloar até formar um creme e

soltar-s do fundo da panela, colocar nos pratos, e servi com

arroz branco, macarrão fino com molho de estrato de tomate,

salada em rodelas grandes de tomate, cebola, pimentão, pepino,

beterraba cosida, alface americano ou picotado e para beber suco

de cajá, ou acerola, maracujá, limão, laranja pêra, ceriguela

(cajarona), pitanga. Caso prefiram refrigerantes seja de guaraná

ou coca cola. Bebidas alcoólicas cerveja ou pitu nunca vinho.

Ocasiões que utiliza: Batizado, casamento, aniversários ou festas

especiais como: Natal, ano novo, festas de São João, Pedro,

Antonio, Santana e São Joaquim e outras festas de padroeiros.
Sempre depois de um dia de resguardo ou por devoção (jejum de

santo são Sebastião etc.) www.8p.com.br/bbb/nicoitaenga/perfil
http://www.orkut.com/Home.aspx; fone: 81 99077926/81 36531909 ou

35653 1551


Se a fonte da receita abaixo informada estiver com o nome errado, favor enviar email para: Contato do Portal das receitas

A equipe do Portal das receitas agradece e atualizará para seu devido crédito.

Fonte: Ana Maria Braga


Sorri, embora seja apenas um sorriso triste. Porque mais triste que o sorriso triste é a tristeza de não saber sorrir.
  Autor: Desconhecido
Copyright © 2004-2018 - Portal das receitas - Todos os direitos reservados.